terça-feira, 1 de agosto de 2017

Aceitam o desafio? [#aculpaédadietaodesafio]

Começo por pedir desculpa pelo atraso deste post mas ontem estava a ter problemas no computador e não consegui fazê-lo para iniciarmos o desafio hoje, no entanto o desafio para mim já começou há algum tempo mas não queria deixar de o partilhar convosco de forma mais intima, e assim também criar uma outra ligação com quem me segue. 
Na verdade, acho que nunca contei o que me motivou a criar este blogue e o porquê deste nome, mas hoje sinto a confiança necessária para o fazer.
Há cerca de 3/4 anos eu engordei 30 kg, nunca fui magra nem nunca vou ser mas tinha um peso que rondava os 63-67 kg e isto deixou-me bastante mal comigo e com o meu corpo. Se já não tinha confiança nenhuma, nessa altura e com uma idade crítica ainda se tornou pior.
Desses 30 kg que engordei, 25 foram ganhos num espaço de dois meses (super rápido!) muito por culpa da medicação que estava a fazer na altura (inchei, literalmente parecia mordida por um enxame de abelhas!). O facto de ter deixado a natação, desporto que praticava há 10 anos em muito contribuiu para o aumento dos outros 5 kg, que aliados ao sedentarismo e metabolismo lento ajudaram a tudo isto. Foi então que mais tarde decidi fazer uma dieta a sério, isto é, mudar algumas coisas na minha alimentação, que felizmente não era assim tão má porque sempre tive uma mãe que nos incentivava a comer muitos legumes e muita fruta, e seguir a Dieta dos 31 Dias da Nutricionista Ágata Roquette. E sim, cortar com os hidratos de carbono não foi fácil, mas pior que isso foi não comer fruta na primeira fase, algo que apenas fiz na primeira semana para retirar todo o tipo de açúcares da minha alimentação diária. Fiz a dieta durante 8 meses, com as minhas asneiras que são essenciais para a mente, principalmente e perdi 20 kg. Exercício físico resumia-se a umas caminhadas quase diárias e como comecei a dieta no fim da Primavera e início do Verão, fiz muitas caminhadas na praia. 
Depois disso, vim para Coimbra e o reboliço da vida académica fez com que aldrabasse mais do que um dia a manutenção da minha dieta e ai o meu peso foi oscilando com fases em que tinha 78 kg, outras em que tinha 72 kg... sei que este ano decidi mudar de paradigma e inscrever-me no ginásio para perder os 10 kg que me faltavam e tonificar o corpo, sim, porque a "banha do adeus" ou "asas de morcego", o nome que lhes queiram dar, são o mais difícil de retirar ou tonificar e o que mais me irrita no meu corpo são mesmo os braços, principalmente numa altura em que eles estão sempre à vista. Vai dai que comecei esta aventura há quase dois meses e perdi muito pouco peso, mas aprendi a gostar mais de fazer exercício fora de água, algo que eu detestava, confesso. Vou quase todos os dias ao ginásio, muito por culpa de ser no mesmo sítio do meu local de trabalho, mas quando aproveito as folgas para ir a casa e estou uns dias sem ir já noto a falta que o exercício e este libertar de energias me faz.
Lembrei-me de criar este desafio porque muita gente me pergunta o que eu faço e eu simplesmente digo que tenho algum cuidado com as minhas refeições, principalmente com aquilo que como ao jantar. E digo isto porquê? Porque se há algo que ficou da minha dieta foi não comer hidratos de carbono a partir do lanche. Isso manteve-se e raramente o faço, ou quando faço é sempre em quantidades muito pequenas.
E agora a pergunta da praxe... porquê "A culpa é da dieta!" para nome do blogue? 
Porque muitas vezes o mais difícil quando estamos a tentar cumprir um plano ou uma dieta mais rígida, é dizer aos nossos amigos que no jantar x não podemos comer y, ou recusar algo porque estamos "de dieta". O que a maioria me dizia era sempre: "pois, a culpa é sempre da dieta, Cátia!" e assim ficou. Não é uma história fantástica mas eu achei que daria um nome engraçado para o blogue e para um local onde posso partilhar o meu gosto pela culinária.

Agora vamos falar deste desafio, que nada mais nada menos é partilhar um pouco daquilo que são as minhas refeições diárias convosco e pedir-vos que também vocês as partilhem comigo! 
Se tiverem horários um pouco chatos como eu, as minhas dicas vão dar algum jeito porque eu por vezes tenho que "jantar" às 17h e depois acabo por ter que fazer um lanche mais reforçado e ir tendo snacks até sair do trabalho às 22h ou às 23h... mas tenho arranjado alguns bem deliciosos!
Confesso que para não me desviar muito deste caminho saudável tive que ser um pouco mais rígida e criar um plano de refeições para me ir guiando a cada semana, e é um conselho que vos deixo, se têm horários chatos, se nunca sabem o que cozinhar e depois à pressa não comem o que devem... é óptimo planearem tudo! Quem gosta de um modo um pouco mais livre e consegue manter-se fiel à vida saudável, é fantástico também! Eu não sou demasiado rígida e agora no verão, se me apetecer um gelado na minha folga como sem culpas, mas depois compenso no treino.
Para vos dar um exemplo de um plano do bem deixo-vos o meu plano de refeições da semana passada para terem uma ideia do meu tipo de planificação:

Plano de Refeições
22 a 28 de Julho
Sábado
[10h-18h]

Sem treino
Domingo
[15h-22h]

Treino 11h
Segunda-feira
[10h-17h]

Treino 17h30
Terça-feira

Treino PT 10h
Quarta-feira

Treino 18h
Quinta-feira
[10h-17h]

Treino 17h30
Sexta-feira
[15h-23h]

Treino 11h


Pequeno-almoço


Papas de aveia, banana, canela e linhaça
Café


Iogurte natural com aveia, banana, chia e frutos secos
Café


Pão de centeio com queijo
Café

Iogurte grego ligeiro com granola, banana, linhaça e canela
Café

Panqueca de banana e aveia com xarope de ágave
Café


Pão de sementes com queijo fresco
Café com leite

Papas de aveia, banana, canela, linhaça, chia e ½ maçã
Café


Meio da manhã


Iogurte natural com frutos secos


Gelatina de mirtilo
Uma porção de frutos secos


Queijinho
Banana


Barra proteica



Pudim sem açúcar de mirtilo


Iogurte natural com granola


Barra proteica
1 cenoura em palitos


Almoço

Caril de frango e camarão “saudável” com duas c. sopa de arroz e salada mista

Frango assado com uma c. sopa de arroz e salada mista

Bife de frango grelhado com legumes e duas c. sopa de arroz


Lasanha de legumes com atum e salada mista


Bulgur com cenoura e curgete salteada com frango grelhado


Beringela recheada com carne picada e salada mista


Bacalhau à brás com alho francês e salada mista


Lanche


Iogurte líquido
1 porção de fruta


Pão de centeio com queijo
Galão
1 porção de fruta


Barra proteica
Maçã


Pão de sementes com fiambre peru
Iogurte líquido


1 cenoura aos palitos
Barra proteica


Barra proteica
Maçã


2 tostas integrais com queijo creme
Iogurte líquido


Jantar



Jantar livre



---------


Pescada no forno com legumes salteados


Carne picada com legumes salteados


Curgete recheada no forno com atum



Bacalhau à brás com alho francês e salada mista


Sopa de legumes
1 porção de fruta

Ceia
(opcional)


Chá de rooibos


Chá branco
Iogurte com granola maçã e canela


Chá de frutos vermelhos


Chá de mirtilo


Chá de menta


Chá de cavalinha


Chá de rooibos


Quem alinha comigo nesta partilha? 
A cada final de semana eu partilharei algumas das minhas receitas da semana, outras já se encontram aqui no blogue e darei essa indicação, e partilharei também as vossas refeições para que todos nos possamos acompanhar e incentivar neste caminho do bem!
Comentem aqui e juntem-se a nós no facebook do blogue e na minha página pessoal no Instagram!
Fico à vossa espera!


8 comentários:

  1. Respostas
    1. Beijinhos Andreia :) Sempre juntas na luta!

      Eliminar
  2. Eu até alinhava, mas não conseguiria ter um plano de refeições tão complexo. Já tentei ter um plano, em que fazia a mesma refeição com variantes todos os dias da semana e depois repetia (no reddit.com/r/mealprepsunday tem grandes ideias). Quando vejo estes posts penso em voltar a esse regime. Acho muito bom tanto para manter uma boa dieta como para não gastar muito dinheiro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é verdade. Só é rígido se o vires como tal, eu faço o plano semanal muito por culpa das compras que faço para a semana e para me orientar melhor no que devo ter em casa e não cair em tentações quando há pressa para almoçar ou jantar.
      Tenta dentro daquilo que são os teus horários ver o que é melhor para ti :)
      Fico muito feliz por te ver a comentar por aqui! Temos que ir beber café um dia destes ;)

      Eliminar
  3. Oi Cátia, li a sua narrativa e gostei imensamente de sua conscientização ao ingresso no plano alimentar e de ginásticas. Eu a incentivo a não fraquejar em hipótese alguma. Veja que prato lindo e apetitoso está exposto no cabeçalho do blog. Tudo é uma questão de hábitos. A mente é tudo, tendo bons pensamentos, criaremos bons hábitos. Exercite o cérebro também a criatividade de pratos deliciosos com poucas calorias. Eu também faço minha dieta alimentar e tive dificuldade, mas venci a mim mesmo. Abraço fraterno. Laerte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Laerte, espero vê-lo por cá mais vezes!

      Eliminar
  4. Olá! :)

    A seguir o teu blogue! Não conhecia ainda, gostei muito, parabéns!

    Beijinhos
    Blogue | Facebook | Instagram | Youtube | Zomato | Pinterest

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito muito obrigada! :)
      Volta mais vezes!
      Beijinhos

      Eliminar